Câncer X Inflamação

Alguns médicos acreditavam que inflamações crônicas derivadas de doenças ou exposição a substâncias químicas prejudiciais estavam ligadas de alguma forma ao desenvolvimento do câncer, mas ainda não existiam provas científicas. Em um relatório publicado em 2015 por pesquisadores do Massachussets Institute of Technology (MIT), ficou comprovado que um dos agentes químicos do próprio sistema imunológico usado para combater infecções pode criar mutações genéticas que levam a doença. Ainda de acordo com o relatório, um em cada cinco tipos de câncer sejam motivados ou promovidos por inflamações. Um meio ambiente de inflamação crônica prepara o terreno para o câncer, aumenta a resistência à quimioterapia e afeta os oncogenes, genes que podem transformar células em tumores. A inflamação promove a disseminação e mutação das células cancerígenas enquanto continua a empurrar as mutações no desenvolvimento das células cancerígenas. Ao considerar o câncer como uma inflamação, é possível fazer uso de terapias anti-inflamatórias no combate a doença. O Dr. Johannes Fibiger foi um importante cientista, fisiologista e professor de anatomia patológica para a pesquisa do câncer. Ele ganhou o Prêmio Nobel de Fisiologia Of Medicine em 1926 ao obter a primeira indução controlada de câncer em animais de laboratório. Após intensa pesquisa, ele concluiu que os tumores, aparentemente malignos, seguiam uma inflamação do tecido do estômago causada pelas larvas de um verme. Os primeiros experimentos de Fibiger influenciaram no que pode ser considerado o início da quimioterapia. Posteriormente, pesquisas revelaram que as larvas apontadas por Fibiger não eram diretamente responsáveis ​​pela inflamação, mas suas descobertas serviram como uma introdução necessária para a produção de agentes químicos de assistência (agentes cancerígenos), um papel essencial no desenvolvimento da pesquisa moderna para combater o câncer.
Para saber mais sobre o tema, consulte o seu médico e não esqueça de tirar todas as suas dúvidas. #institutolisandrolambert #drlisandrolambert #lcr #medicinaintegrativa #medicinafuncional #saude #medicinaalternativa #cancer #combateaocancer #oncologia
Deixar Resposta