HIPERTENSÃO ARTERIAL E CARDIOPATIA

A hipertensão arterial ou pressão alta é caracterizada por níveis elevados e prolongados da pressão arterial. Essa doença só provoca sintomas em fases muito avançadas ou quando a pressão aumenta de forma abrupta e exagerada. Entretanto, algumas pessoas podem apresentar dores de cabeça, no peito e tonturas, que representam um sinal de alerta. Existe associação entre pressão arterial elevada e risco cardíaco, mas não é possível prever quais pacientes apresentarão essa evolução, de forma que o controle dos valores da pressão arterial ainda é a medida mais efetiva na prevenção da cardiopatia. É importante ressaltar, entretanto, que o uso de remédios para baixar a pressão arterial pode diminuir a expectativa de vida em vez de aumentá-la, segundo os resultados de um estudo da Universidade da Flórida. Os medicamentos que prometem ser seguros têm sido, muitas vezes, mais prejudiciais do que benéficos. 

  • Você sabia?

    O controle da pressão arterial reduz em 42% o risco de derrame e em 15% o risco de infarto.