TERAPIA CELULAR

A Terapia Celular pode ser definida como a utilização de células com objetivos terapêuticos. Ela consiste em restaurar a função de um órgão ou tecido, transplantando fatores de correção autólogos para substituir as células perdidas por doenças, ou substituir células que não funcionam adequadamente. Esses fatores de correção têm potencial de autorrenovação e de diferenciar-se em vários tecidos, como por exemplo, osso, cartilagem, músculo e células do sistema nervoso. Neste tratamento, são utilizadas células do próprio indivíduo que receberá a terapia, o que anula a possibilidade de reação de incompatibilidade. Elas induzem fatores de crescimento a atuar no local lesionado e se diferenciam em células especializadas para facilitar a restauração do tecido. O tratamento com esses fatores de correção apresenta importante potencial regenerativo e terapêutico, o que os posiciona como grandes aliados no tratamento de diversas patologias que acometem nosso corpo.